Em menos de 10 horas após o crime que chocou Três Barras do Paraná, as equipes da Polícia Civil e Militar capturam um dos principais suspeitos de envolvimento com a morte de uma cadeirante.
Foram verificadas imagens de circuitos internos de comércios, residências, ouvidas pessoas que estiveram com a vítima durante a noite, até chegar a um suspeito.
O acusado aparece em várias imagens com a vítima em diferentes pontos da cidade antes do crime acontecer. Diante desses indícios, as equipes policiais fizeram buscas na casa do suspeito e localizaram as roupas que ele trajava na noite, estando com manchas de sangue. O material será encaminhado para a perícia.
Segundo a polícia, o acusado já responde pelo crime de estupro ocorrido em 2014 no município de Três Barras do Paraná.
Quando interrogado, o homem entrou em contradição em seu depoimento, o que não convenceu os policiais. Diante dos indícios, foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Catanduvas, onde será apresentado ao delegado de plantão.
As investigações continuam e a polícia pede a colaboração da população para que relatem qualquer informação referente ao caso, lembrando que é preservado a identidade do denunciante.

Informações – Portal Rondon

COMPARTILHAR