Táxi ficou destruído pelo fogo – Foto: Banda B

Um grande susto na manhã desta quarta-feira (27) no bairro Batel, em Curitiba. Um táxi pegou fogo com o motorista dentro, no momento em que ele ligava o carro, na Rua Benjamin Lins, em frente ao Shopping Crystal. Em segundo, o fogo tomou conta do veículo Logan e o taxista conseguiu escapar com algumas queimaduras no corpo.  Alexandre Santi, de 46 anos, foi socorrido e encaminhado ao Hospital Evangélico, sem risco de morte. Mesmo com o fogo alto, um cilindro de gás natural, localizado no porta-malas, não explodiu.

O tio do proprietário do táxi, Daniel Vince, estava no local para dar auxílio ao motorista, já que o veículo não funcionava. Na hora do fogo, ele estava do lado de fora e contou como tudo aconteceu. “O carro não pegava, mexemos na bateria e fizemos uma ‘chupeta’. O Alexandre, motorista, entrou e deu a ignição. Foi aí que deu uma explosão. Acho que a bomba de combustível explodiu. Sorte que ele saiu a tempo e sofreu só algumas queimaduras. Foi feio, mas logo os bombeiros chegaram”, contou Vince.

A área da Benjamin Lins (continuação da Avenida do Batel) ficou isolada até os bombeiros conseguirem apagar o fogo. O carro ficou totalmente destruído, mas, por incrível que pareça, felizmente o cilindro de gás natural ficou intacto.

Segundo o tio do proprietário, o carro tem seguro contra terceiros e também um seguro da Associação dos Taxistas.

Assista ao momento do fogo: (Primeiro vídeo da Banda B)

 

FONTEBanda B
COMPARTILHAR