Um padre da igreja de São José dos Quatro Marcos, município do Mato Grosso, causou polêmica na terça-feira (2) após publicar uma foto no WhatsApp Status, na qual está segurando um revólver.

Na imagem, o sacerdote Thiago Bruno aparece deitado em uma cama apontando uma arma com a mensagem “#2018” escrita. A foto foi compartilhada em diversas redes sociais e recebeu críticas e comentários a favor.

“Não importa se a arma é de brinquedo ou não! O que importa é a mensagem que ele passa, que não é nenhuma mensagem de paz”, diz um comentário.

Reprodução/Facebook

Em contrapartida, um usuário defendeu a atitude. “Que mal tem isso? Uma pessoa de bem com uma arma? Ele também pode ter carro, faca, moto, etc”, diz o comentário.

Segundo um suposto amigo do padre, que gravou um vídeo, a arma é um artigo de decoração e foi comprado na Espanha. A foto teria sido tirada na própria casa de Bruno no dia 1º de janeiro.

“São armas de decoração, que não dão tiro. São apenas armas do estilo faroeste daqueles filmes que comprei para fazer decoração”, explicou o suposto amigo no vídeo.

Em post em seu Facebook, o padre pediu desculpas pela foto.