Após solicitação do Copom de que na localidade informada havia um veículo Vw/Gol abandonado, que teria sido furtado na cidade de Mangueirinha – PR durante a madrugada, a equipe deslocou até o local e confirmou o fato. Após a equipe chegar no local, compareceu também o proprietário do veículo, que ao verificar percebeu que foi subtraído de seu veículo um toca cd de marca Pioneer, juntamente com um pendrive e também o tampão do bagageiro do veículo o qual possuía dois pares de alto falantes 6/9″ de marca Pioneira. Diante do fato foi solicitado um guincho para transportar o veículo até a delegacia de policia civil, onde o mesmo foi entregue para dar continuidade aos procedimentos.

Em continuidade, a equipe policial recebeu nova denuncia informando que alguns indivíduos estavam oferecendo para venda um toca cd semelhante ao furtado, e que segundo os suspeitos os mesmos teriam ficado sem combustível e necessitavam comprar gasolina para abastecer um veículo Gol que teria ficado no trecho entre Mangueirinha e Coronel Vivida. Diante da nova denuncia, em patrulhamento, foi logrado êxito na localização dos mesmos próximo a rodoviária do município, onde foi dado voz de abordagem e identificado duas mulheres maiores de idade e dois masculinos menores, que em revista pessoal foi encontrado no bolso esquerdo da calça de um dos menores um crucifixo e ao lado onde os indivíduos estavam foi encontrado uma sacola plástica contendo um toca cd de carro marca Pioneer um cabo USB e um pendrive, semelhantes aos objetos furtados do veículo.

Já na sede da 3ª Cia, os menores assumiram ter furtado o veículo Gol na cidade de Mangueirinha, sendo que o proprietário do veículo reconheceu todos os objetos como sendo os que foram furtados de seu veículo. Durante a confecção do boletim de ocorrência foi solicitado a presença do conselho tutelar para acompanhar os procedimentos sendo todos os envolvidos e os objetos furtados entregues na delegacia de policia civil para dar continuidade aos procedimentos, sendo também apreendido um celular de marca Samsung e modelo J7 Max de cor preta por ser de origem duvidosa.

Foto: Polícia Militar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here