No inicio da tarde de domingo (11), após solicitação via central de comunicação que três indivíduos estariam brigando com facões na Rua Pedro Manoel dos Santos, Bairro São José Operário, em Coronel Vivida. A equipe policial rapidamente deslocou até o local, uma mulher veio ao encontro da viatura, mostrando um corte em sua mão, provocado por arma branca (facão) e disse que se ex-convivente, estaria na outra rua, com vários cortes em sua cabeça, parte de trás.

No local uma equipe do SAMU, já estava atendendo a vitima. Em ato continuo a mulher disse que seu atual namorado, também havido se ferido, mas ele já tinha se deslocado diretamente a UPA e que seu primo que também estaria envolvido na briga, estava com um corte em sua mão, mas se evadiu do local.

Ambas as partes foram encaminhados ao UPA para atendimento médico. Em continuidade a equipe policial foi até a casa do primo da solicitante e lá estava sua esposa. Indagado sobre onde ele possivelmente poderia ter ido, ela não soube dizer, a mesma acompanhou a equipe até a UPA, pois estava cheia de sangue e um hematoma do olho esquerdo. Foi oferecido atendimento porém ela negou, posteriormente foi liberada.

A solicitante relatou a equipe que os três homens envolvidos se agrediram mutuamente com facões, e que ela apenas foi separá-los.

Os facões utilizados durante a briga não foram localizados. Sendo assim, ambas as partes foram orientadas.