Laerte Codonho, dono da empresa de refrigerantes Dolly, foi preso hoje de manhã. A acusação é de fraude fiscal e lavagem de dinheiro, num esquema que soma R$ 4 bilhões.
A polícia também prendeu um carro e dois helicópteros do empresário.

(Foto: Dolly/Divulgação)
COMPARTILHAR