Philippe Coutinho finaliza e marca o primeiro gol do Brasil (Foto: Divulgação / Fifa)

O Brasil sofreu, teve pênalti anulado, mas conseguiu derrotar a Costa Rica por 2 a 0, nesta sexta-feira (22), na segunda partida pela Copa do Mundo 2018. Os gols foram marcados apenas no 2º tempo, por Philippe Coutinho (aos 46 minutos) e Neymar (aos 52). A partida, válida pelo grupo E, foi disputada em São Petersburgo.

Foi a primeira vitória da seleção brasileira na Copa. Na estreia no Mundial, o Brasil ficou no empate em 1 a 1 com a Suíça, no último domingo (17).

Na próxima quarta-feira (27), o Brasil enfrenta a Sérvia, na última rodada do grupo. Para se classificar, basta um empate. Para ficar em primeiro lugar no grupo, por outro lado, é preciso uma vitória sobre os sérvios.

Na partida inteira, o Brasil finalizou 20 vezes, sendo 10 certas e uma no travessão. O árbitro Bjorn Kujpers até chegou a marcar um pênalti de Gonzalez em Neymar, mas o VAR (árbitro de vídeo) mostrou que o brasileiro exagerou na simulação e cancelou o pênalti.

HISTÓRIA

Foi o terceiro duelo entre as duas seleções em Copas do Mundo. O primeiro, em 1990, terminou com vitória magra do Brasil: 1 a 0, gol de Müller. O segundo foi completamente diferente. Em 2002, a seleção do técnico Luiz Felipe Scolari goleou por 5 a 2, gols de Ronaldo (2), Edmílson, Júnior e Rivaldo.

ESCALAÇÃO

Tite manteve a escalação-base do último jogo, com Philippe Coutinho no meio-de-campo e Willian, Gabriel Jesus e Neymar no ataque. A única mudança ocorreu por causa de questões médicas. O lateral Danilo sentiu uma lesão no quadril e deu lugar a Fagner. O time entrou no 4-3-3 da partida anterior. A Costa Rica, por sua vez, entrou com uma linha de cinco defensores, que usa desde a Copa de 2014.

PRIMEIRO TEMPO

Desde o começo, a Costa Rica se fechou na defesa. Os brasileiros esbarraram na marcação adversária e ainda sofreram muitas faltas – foram seis nos primeiros 25 minutos, sendo três em Neymar – sem conseguir tirar proveito delas. Nos 20 minutos finais, o Brasil apresentou uma melhora, quando Marcelo passou a participar ais do jogo, e levou algum perigo em chutes de fora da área, mas sem sucesso. Os cruzamentos para a área, por outro lado, não deram em nada. O primeiro tempo terminou com sete finalizações do Brasil (1 certa) e 3 da Costa Rica (nenhuma certa). A seleção brasileira teve 65% de posse de bola e 89% de acerto nos passes.

SEGUNDO TEMPO

Para o segundo tempo, o técnico Tite trocou Willian por Douglas Costa no lado direito do ataque. Ele criou a primeira chance de grande perigo do Brasil: cruzou para Gabriel Jesus cabecear no travessão, aos 4 minutos. Em 20 minutos, o time chegou a acertar outras quatro bolas na direção do gol, mas Navas defendeu três e o zagueiro Gamboa salvou a outra.

Aos 23 minutos, Tite fez uma alteração pouco convencional: trocou o volante Paulinho pelo atacante Roberto Firmino. Aos 33 minutos, houve um lance polêmico: Neymar foi Gonzalez na barriga, dentro da área. O árbitro marcou pênalti, mas o VAR desconfirmou. O gol só saiu aos 46 minutos, com Philippe Coutinho tocando entre as pernas do goleiro Navas. Aos 52, Neymar fez 2 a 0, após passe de Douglas Costa.

ESTATÍSTICAS

O jogo teve 100 minutos (três de acréscimos no primeiro tempo e mais sete na etapa final). Ao fim desse tempo, o Brasil teve 23 finalizações (10 no alvo e mais uma na trave), 67% de posse de bola e 89% de acerto nos passes. A Costa Rica somou 4 finalizações (nenhuma certa), 33% de posse de bola e 67% de acerto nos passes.

 

BRASIL 2 x 0 COSTA RICA

Brasil: Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho (Roberto Firmino) e Philippe Coutinho; Willian (Douglas Costa), Gabriel Jesus (Fernandinho) e Neymar. Técnico: Tite

Costa Rica: Navas; Gamboa (Calvo), Duarte, González, Acosta e Oviedo; Borges, Guzmán (Tejeda), Bryan Ruíz e Venegas; Ureña (Bolaños). Técnico: Óscar Ramírez

Gols: Philippe Coutinho (46-2º), Neymar (52-2º)

Cartões amarelos: Neymar, Philippe Coutinho, Acosta

Árbitro: Bjorn Kujpers (Holanda)

Local: Saint Petersburg Stadium, em São Petersburgo, sexta-feira

 

LANCES DO JOGO

PRIMEIRO TEMPO

3 – Brasil toma a boa no campo de ataque. Philippe Coutinho finaliza por cima, de fora da área

7 – Gamboa arrisca de fora da área e finaliza por cima

9 – Willian sofre falta perto da área. Neymar ergue para a área e a zaga da Costa Rica tira

13 – Gamboa vai à linha de fundo e cruza. Borges finaliza cruzado com perigo, mas para fora

23 – Neymar cobra falta para a área. Thiago Silva cabeceia para fora

26 – Marcelo apanha sobra da defesa e chuta. Gabriel Jesus intercepta, domina e manda para dentro. O árbitro flagra impedimento e anula o gol

27 – Philippe Coutinho lança Neymar na área. Navas sai do gol e salva aos pés do brasileiro

29 – Marcelo arrisca de fora da área. A bola passa a um metro da trave e sai

30 – Philippe Coutinho chuta de fora da área e manda por cima do gol

34 – Willian domina na direita, corta para o meio e finaliza por cima, de fora da área

39 – Willian cobra escanteio. Paulinho cai na área e reclama de pênalti. O árbitro manda seguir

41 – Marcelo bate de pé direito, de fora da área. Navas cai no canto direito e pega

42 – Fagner cruza e Navas pega

SEGUNDO TEMPO

3 – Acosta recua para Navas na fogueira. O goleiro afasta mal com o pé. Fagner fica com a bola e cruza. Navas sai e pega – e ainda sofre falta de Neymar

4 – Douglas Costa cruza. Gabriel Jesus cabeceia e acerta o travessão. Paulinho recupera a bola, que cai com Philippe Coutinho. Ele chuta e Gamboa salva quase em cima da risca

11 – Paulinho cruza da direita. Neymar finaliza e Navas faz grande defesa no alto do gol

13 – Douglas Costa toca para Paulinho, que rola para Philippe Coutinho chutar. Navas pega

18 – Neymar bate no canto esquerdo. Navas dá rebote, mas se recupera

22 – Bola alta na área do Brasil. Miranda afasta mal. Bolaños cabeceia e Miranda salva pelo alto

25 – Neymar cobra escanteio. Casemiro cabeceia e Navas pega

27 – Neymar aproveita falha de Gamboa e fica livre, de frente para o gol. Ele mira o ângulo esquerdo, mas chuta por cima

33 – Douglas Costa puxa contragolpe e toca para Gabriel Jesus, que rola para Neymar. Ele é tocado por Gonzalez na barriga, dentro da área. O árbitro marca pênalti. Mas o árbitro de vídeo desconfirma o pênalti

40 – Philippe Coutinho chuta de fora da área. Navas pega

42 – Douglas Costa faz a jogada pela direita e rola para Casemiro, que bate a gol Navas pega

46 – Gol do Brasil. Marcelo cruza. Roberto Firmino escora a bola pelo alto na área. Gabriel Jesus erra o domínio. Philippe Coutinho toca entre as pernas do goleiro

49 – Firmino tabela com Philippe Coutinho, recebe e bate por cima

52 – Gol do Brasil. Casemiro toca para Douglas Costa na direita. Ele cruza e Neymar completa para o gol

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here