​”Coleta de dados estatísticos sobre a incidência da doença e o diagnóstico rápido são essenciais para melhor enfrentamento do câncer de mama”, destacou o deputado estadual Guto Silva (PSD) em encontro com a participação do Gama – Grupo de Apoio a Mama.

Em parceria com a entidade Mão Amiga – Grupo Beltronense de Prevenção ao Câncer – e a Femama – Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama – a Assembleia Legislativa do Paraná promoveu na terça-feira (5), audiência pública sobre a necessidade de notificação compulsória do câncer e a definição de prazo para conclusão de diagnóstico da doença.

O representante da Sociedade Brasileira de Registro do Câncer e diretor do Centro de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba, Alcides Augusto Souto de Oliveira, expôs a urgência do registro compulsório do câncer e os benefícios que a organização dos dados pode trazer ao planejamento do tratamento mais adequado. O médico oncologista Vinicius Budell, que representou a Secretaria de Estado da Saúde no evento, também abordou a importância das ferramentas genômicas – ainda não disponíveis pelo SUS, nem pelo serviço privado no Brasil – para a adoção de medidas preventivas e de tratamentos mais adequados às características de cada paciente. Ele apontou a realização de 400 mil mamografias no estado em 2017, representando uma evolução da quantidade e da qualidade, e o benefício representado pela instalação de quatro Unidades de Mama no Paraná. Mas enfatizou a importância do “diagnóstico em tempo hábil”, que torna o tratamento mais rápido, menos doloroso e mais barato: “Nenhum medicamento supera o diagnóstico precoce”.

A defensora pública federal Carolina Balbinott Bubhak falou sobre os direitos dos cidadãos na área da saúde, a falta de oferta de medicamentos mesmo quando há decisões judiciais favoráveis aos pacientes, o descumprimento da legislação pelo próprio Estado e a necessidade da coleta e atualização de dados para a formulação de políticas públicas. Também participou da audiência a representante da FEMAMA e presidente do Instituto HUMSOL, Tania Mary Gomes que, junto com a deputada Cantora Mara Lima (PSC), distribuiu lenços que serão doados a pacientes em todo o Paraná.

Assessoria de Imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here