A jovem que empurrou uma amiga do alto de uma ponte no parque ambiental situado em Yacolt, próximo de Portland (Oregon, EUA), foi indiciada na sexta-feira (17). As informações são do Extra.

Jordan Holgerson Foto: Reprodução/NBC News

Taylor Smith, de 18 anos, foi filmada empurrando Jordan Holgerson, de 16, de uma altura de 18 metros (equivalente a um prédio de 6 andares), quando a amiga mostrou hesitação para pular. O incidente ocorreu no dia 7. O promotor público que indiciou Taylor argumentou que ela “criou um risco substancial de morte e seu ato resultou em sérios ferimentos”.

Ferimentos

Jordan teve seis costelas quebradas, perfuração em um pulmão, escoriações sobre o esôfago e ferimentos na traqueia. O quadro ainda inclui pneumotórax.

Em sua defesa, Taylor afirmou que a amiga pedira para ser empurrada. A jovem disse ter tentado visitar a amiga em um hospital, mas que acabou sendo barrada. Ela também contou ter pedido desculpas “diversas vezes”. “Ela queria pular, mas estava com medo. Então ela me pediu que a empurrasse”, contou Taylor à ABC.

A indiciada pode ser condenada a até 1 ano de prisão e pagamento de multa de o equivalente a R$ 20 mil. De acordo com reportagem do “Mirror”, Taylor comentou ser “assustador” pensar na possibilidade de prisão. Jordan, por sua vez, disse em entrevista à NBC News que espera “ver Taylor sentada em uma cela para refletir sobre o que fez”.

Assista ao vídeo registrado por amigos do momento da queda de Jordan:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here