A Justiça Eleitoral cassou o prefeito Marcos Fioravante, o Cascquinha, e o vice Fabio Oliveira, de Pontal do Paraná. por abuso do poder econômico e fraudes na campanha eleitoral de 2016.

Casquinha foi eleito por uma diferença de 80 votos.

Temporariamente o presidente da Câmara Municipal, Fabiano Alves Maciel, vai assumir o comando da cidade.

Uma eleição extemporânea vai ser marcada, mas ainda sem data.

Existe ainda a possibilidade de recurso ao Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) e ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here