Levantamento do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), realizando em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU), revelou que 643 servidores de 39 prefeituras do Sudoeste teriam recebido indevidamente o auxílio emergencial de R$ 600,00 do governo federal. Com 199 casos, Pato Branco lidera o ranking da região

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você for um usuário existente, faça o login. Novos usuários podem se registrar abaixo.

Existing Users Log In
   
New User Registration
*Campo obrigatório