O presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), desembargador Adalberto Xisto Pereira, aceitou pedido da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Paraná e expediu recomendação a todos os juízes de 1º grau do Estado para que estabeleçam a prorrogação dos prazos processuais em caso de falta de energia

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você for um usuário existente, faça o login. Novos usuários podem se registrar abaixo.

Existing Users Log In
   
New User Registration
*Campo obrigatório