Assim como praticamente todos os comerciantes, Laís Aparício Benite, dona da Loja Mamãe Coruja, que trabalha com enxovais e acessórios e roupas para bebês e crianças até três anos, se viu em uma encruzilhada assim que a pandemia de Covid-19 chegou a Curitiba. Como a loja fica dentro de uma

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você for um usuário existente, faça o login. Novos usuários podem se registrar abaixo.

Existing Users Log In
   
New User Registration
*Campo obrigatório