A Câmara Municipal de Curitiba (CMC) vai abrir sindicância para apurar o caso de repercussão na imprensa envolvendo a vereadora Fabiane Rosa (PSD), presa preventivamente nesta segunda-feira (27) pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná. A Mesa diretora da CMC requereu

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você for um usuário existente, faça o login. Novos usuários podem se registrar abaixo.

Existing Users Log In
   
New User Registration
*Campo obrigatório

AO VIVO RÁDIO WEB MANGUEIRINHA ONLINE

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA