A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu nesta terça (4) o segundo suspeito de participar de um racha na BR-277, no bairro Orleans, no dia 13 de julho, que matou Marcelo da Trindade, 48 anos. O suspeito é o médico dermatologista Ulisses Misima Ribeiro, de 43 anos. A vítima era funcionário terceirizado e no momento do acidente prestava serviços à concessionária RodoNorte na limpeza do canteiro central da BR-277.

Os policiais cumpriram mandado de prisão temporária do médico nesta manhã, no bairro Ecoville, na capital paranaense. O médico deve responder homicídio e competição automobilística não autorizada (racha). Segundo informações da polícia, ele confirma que estava dirigindo o veículo Volvo identificado nas imagens, mas nega que tenha sido um racha. No início da noite, ele deixou a Delegacia de Trânsito e seguiu para o Complexo Médico de Pinhais. A prisão temporária vale por cinco dias.

O outro suspeito, Silvio Eduardo de Alencar Santos, de 20 anos, dirigia uma BMW, consegiu liberdade provisória a Justiça no dia 17 de julho. No dia do acidente, Santos foi encaminhado com ferimentos leves ao Hospital Evangélico Mackenzie.

 

Informações bem Paraná