A Corregedoria Geral do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná  (TJPR) instaurou procedimento administrativo para  apurar o caso da juíza Inês Marchalek Zarpelon, da 1ª Vara Criminal de Curitiba, que mencionou a raça de um réu em uma sentença de condenação (processo judicial 0017441-07.2018.8.16.0013).  A decisão, de 19 de junho, mas publicada

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você for um usuário existente, faça o login. Novos usuários podem se registrar abaixo.

Existing Users Log In
   
New User Registration
*Campo obrigatório