O Coritiba é o novo lanterna do Campeonato Brasileiro. Jogando no Couto Pereira na noite deste sábado (15 de agosto), o time paranaense não foi páreo para o Flamengo e acabou derrotado por 1 a 0, gol marcado por Arrascaeta ainda no primeiro tempo do confronto. Na prática, o resultado reabilita os cariocas, que vinham de duas derrotas seguidas no Brasileirão e agora vencem a primeira partida sob o comando do espanhol Domenec Torrent. Por outro lado, o placar também joga o Coxa para o fundo do poço. na última colocação da Série A – já são cinco derrotas consecutivas, entre Campeonato Paranaense e Brasileirão.

Agora, o time do Alto da Glória se prepara para voltar a campo na próxima quarta-feira, quando encara o Corinthians em Itaquera, ás 21h30. O Flamengo joga no mesmo dia, às 19h15, contra o Grêmio no Maracanã.

Escalações

O técnico Eduardo Barroca promoveu mudanças em quase metade do time coxa-branca. Na lateral-direita, o recém-contratado Jonathan fez sua primeira partida como titular, com Natanael voltando ao banco de reservas. Na zaga, troca de Rodolfo por Rhodolfo. Já no setor ofensivo, o meia Ruy e o atacante Sassá perderam posição para o volante Renê Júnior e o meia Yan Sasse.

Pelo lado do Flamengo, Domenec Torrent teve de lidar com duas baixas: o goleiro Diego Alves, expulso contra o Atlético-GO, e o lateral-direito Rafinha, que aceitou uma proposta do Olympiakos, da Grêcia, e está deixndo o Rio de Janeiro. César e João Lucas assumiram as posições. Além deles, outra novidade foi o meia Arrascaeta no lugar de Vitinho, por opção da comissão técnica.

O Jogo

A partida no Couto Pereira começou equilibrada. Os cariocas, favoritaços no confronto, erravam passes na saída de bola e pressionavam pouco no ataque. O Coxa aproveitou e levou algum perigo – na melhor oportunidade, Galdezani cobrou falta da entrada da área e obrigou César a trabalhar.

Aos poucos, no entanto, os atuais campeões da América foram entrando na partida, encaixando o jogo. Após 15 primeiros minutos que deram alguma esperança ao torcedor, o Coritiba não conseguia sequer passar do meio de campo com a bola, tamanha a pressão do adversário. E o castigo veio aos 27 minutos, em lance de oportunismo de Arrascaeta.

Na volta para o segundo tempo, o Coritiba mudou a postura e passou a tentar pressionar mais alto. Aos 11 minutos, no entanto, o volante Renê Júnior tomou o segundo cartão amarelo e deixou a equipe mandante com um jogador a menos em campo.

Valente, o Coxa não desistiu. Tanto que aos 16 minutos Barroca promoveu as entradas dos atacantes Neilton e Sassá nos lugares de Yan Sasse e Robson. Depois, ainda entraram os meias Matheus Bueno e Ruy nas vagas de Igor Jesus e Nathan Silva.

O Flamengo tinha maior volume de jogo, mas o time paranaense incomodava e aos 26 minutos quase empatou o confronto – num lance inacreditável, a bola resvalou em Sassá após um chute desviado dentro da área flamenguista e a trave salvou o Flamengo.

Cinco minutos depois, o centroavante Pedro, que havia entrado no lugar de Bruno Henrique no rubro-negro, chegou a marcar o segundo gol da partida, mas a arbitragem assinalou um impedimento no lance.

No final das contas, o desfecho e, nalguma medida, até mesmo o enredo foi o mesmo das últimas cinco partidas para o Coritiba: um time que luta, luta, e perde.

CORITIBA 0 x 1 FLAMENGO

Coritiba: Wilson; Jonathan, Rhodolfo, Sabino e William Matheus; Nathan Silva (Ruy), Renê Júnior, Matheus Galdezani e Yan Sasse (Neilton); Igor Jesus (Matheus Bueno) e Robson (Sassá). Técnico: Eduardo Barroca.
Flamengo: César; João Lucas, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luis; Willian Arão, Gérson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique (Pedro) e Gabriel Barbosa (Diego). Técnico: Domenec Torrent
Gols: Arrascaeta (27-1º)
Cartões amarelos: Renê Júnior, Jonathan, Nathan Silva, Ruy (C); Gerson, Diego (F)
Cartão vermelho: Renê Júnior (C)
Árbitro: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Local: Couto Pereira, em Curitiba, sábado, às 19h30

PRINCIPAIS LANCES

Primeiro tempo

3 – Coxa perde a bola no meio de campo. Contra-ataque para o Flamengo, com Arrascaeta acionando Bruno Henrique. O atacante avança e chuta de longe, para longe.

4 – Cobrança de falta para o Coxa, perto da área adversária. Galdezani manda no cantinho e César se estica para defender.

10 – Igor Jesus escora de cabeça a bola e Yan Sasse recebe em boa condição dentro da área. Ele parte para cima de João Lucas, escorrega e cai pedindo pênalti. Arbitragem manda o jogo seguir.

12 – Lançamento para dentro da área do Flamengo, Robson ganha na velocidade de Rodrigo Caio e dá um toque na bola, mas César deixa a meta e salva os cariocas.

16 – Cruzamento de Filipe Luís. Arrascaeta aparece em ótima condição para finalizar dentro da área, mas Sabino trava na Hora H.

18 – Gabriel Barbosa gira em cima da marcação da entrada da área e chuta. A bola desvia em Rhodolfo e passa ao lado do gol.

22 – Arrascaeta encontra um espaço no meio da zaga do Coritiba e dá lindo passe enfiado para Gabriel Barbosa. O atacante fica cara a cara com Wilson, que sai bem do gol e realiza grande defesa.

25 – Arrascaeta recebe na intermediária, ajeita e chuta de longe. A bola desvia em Sabino, encobre Wilson e para no travessão.

27 – Gol do Flamengo! Bruno Henrique faz boa jogada pela esquerda e tenta o passe em profundidade para Gabriel Barbosa. A zaga do Coxa impede o atacante de alcançar a bola, mas Arrascaeta se posiciona, fica com a sobra e manda para o gol.

33 – Arrascaeta aciona Gabriel Barbosa pela esquerda. O atacante faz o passe buscando Bruno Henrique dentro da área, mas Wilson se antecipa e salva o Coxa.

35 – Lançamento para a área do Flamengo e Robson tenta aproveitar. A defesa carioca corta, mas Jonathan aparece na sobra para chutar da entrada da área. César defende.

41 – Everton Ribeiro arrisca um chute de fora da área e a bola passa perto do travessão.

Segundo tempo

3 – Galdezani recebe na intermediária, com liberdade, e arrisca um chute longo. A bola sobe muito e passa longe da meta.

18 – Arrascaet para Filipe Luís, que chuta cruzado. Wilson faz a defesa.

19 – Bruno Henrique recebe em ótima condição para assistir Gabriel Barbosa. Mas ele erra o passe e estraga o lance…

21 – Gabriel Barbosa fica com a sobra na entrada da área, engana o marcador com um drible de corpo e chuta firme. Wilson espalma.

26 – William Matheus recebe na esquerda, dentro da área, e rola para Neilton chegar batendo. A bola desvia na zaga, rebate em Sassá e vai rumo ao gol, mas para no pé da trave.

31 – Gol do Flamengo! Mas não valeu… Cruzamento na medida de João Lucas. Pedro sobe mais que a defesa e cabeceia firme para o fundo do gol.

48 – Trama entre Everton Ribeiro e Diego, que toca de calcanhar para Arrascaeta chegar batendo e obrigar grande defesa de Wilson.

 

Informaçōes bem Paraná