Ronaldinho Gaúcho e Roberto de Assis Moreira, irmão e empresário do ex-atleta foram autorizados a deixarem a prisão domiciliar no Paraguai e retornarem ao Brasil, pelo juiz paraguaio Gustavo Amarilla em audiência preliminar nesta segunda-feira (24). Para deixar o Paraguai, Ronaldinho terá de pagar 90.000 dólares. Seu irmão Assis, pagará

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você for um usuário existente, faça o login. Novos usuários podem se registrar abaixo.

Existing Users Log In
   
New User Registration
*Campo obrigatório