A potencial falta de insumos médicos para dar início rápido à vacinação contra a Covid-19 pode levar a uma verdadeira corrida pelo material nos próximos meses. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (ABIMO), haverá a necessidade de, no mínimo, 300 milhões

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você for um usuário existente, faça o login. Novos usuários podem se registrar abaixo.

Existing Users Log In
   
New User Registration
*Campo obrigatório