O Ministério Público do Acre definiu que o goleiro Bruno terá que utilizar tornozeleira eletrônica durante as partidas de futebol que participará. Em junho deste ano o jogador assinou com Rio Branco (AC) para buscar uma retomada na carreira profissional. Aos 35 anos, Bruno cumpre regime semi-aberto pelo assassinato da

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você for um usuário existente, faça o login. Novos usuários podem se registrar abaixo.

Existing Users Log In
   
New User Registration
*Campo obrigatório