Lu Dorini sempre posta no Instagram conselhos e textos motivacionais - Reprodução

 

Lu Dorini 

O distúrbio facial, chamado de hemangioma, começou quando ela tinha apenas oito meses. Ele é causado por um emaranhado anormal de vasos que conectam artérias e veias e interrompem o fluxo sanguíneo e a circulação de oxigênio no local.

A contadora conta que já passou por 19 cirurgias para conter inúmeras hemorragias e que tenta ajudar outras pessoas com a mesma condição no seu blog Eu Tenho Hemangioma, e Daí?. “Sou uma mulher com hemangioma, mas não deixo que ela me controle. Sempre estudei normalmente, trabalho desde os 13 anos e não parei com a rotina só por causa do meu distúrbio”, disse.

Sou uma mulher bonita, inteligente, capaz e nunca pensei que precisava ser de uma forma diferente para ser aceita.” Lu também compartilha textos e vídeos da sua rotina no Instagram, onde acumula mais de 33 mil seguidores.”Meus vídeos se concentram em temas como autoestima, autoconhecimento, forças de caráter, emoções e questões da mente e do coração”, disse ao jornal.

Para ela, a missão da vida é compartilhar sua história e fazer com que as pessoas sorriam mais. Ainda assim, ela conta que há comentários negativos e depreciativos sobre sua aparência física.

“Isso não me deixa menos feliz. Devo confessar que já chorei antes de receber comentários ou atitudes rudes das pessoas. Mas, atualmente, isso não me afeta em nada, não me deixa feliz, mas também não me deixa chateada”, analisou.

Lu ainda deixou um recado importante para que as pessoas se amem mais e não fiquem preocupadas com tudo.

“Acredite que você é capaz, não reclame do que não é e seja grato pelo que é. Respeite-se e não se compare com os outros e o mais importante: entenda que cada pessoa é única.”

 

Informações: UOL