Será inaugurada dia 6 de novembro, a partir das 11h, a Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Bedin, em Renascença.

Fontes ligadas ao Governo Federal confirmaram a Presença do Presidente Jair Bolsonaro, que ficará hospedado em Pato Branco. Integrantes da Comitiva do Presidente já estão na Região para tratar de toda a logística do evento. São esperados também para solenidade inaugural o ministro das Minas e Energias, Bento Albuquerque, o governador Carlos Massa Ratinho Júnior, chefe da Casa Civil do Governo, Guto Silva, demais autoridades estaduais, regionais e locais e os proprietários.

Foram investidos recursos financeiros do BNDES e BRDE. Cerca de 800 empregos diretos e indiretos foram gerados durante a execução das obras. A PCH Bedin foi construída no Rio Santana, entre os municípios de Bom Sucesso do Sul e Renascença, na comunidade de Barrinha.

O empreendimento tem 12 megas de potência instalada, tem duas unidades geradoras de energia elétrica e capacidade para atender 25 mil residências. Os geradores e sistema de acompanhamento remoto e a parte elétrica foram construídos e instalados pela Flessak Eletro Industrial, de Francisco Beltrão.

O empreendimento conta com sala de potência, casa de força, sala de comando e barragem, câmara de carga, canal de adução, sala de comando, painéis de controle de 100% da usina todos operados de forma remota.

A barragem é composta por rochas e núcleo de argila, vertedouro com quatro comportas de basculantes, três metros de largura e de 12 metros de altura.

O prefeito Lessir Bortoli, de Renascença, destaca que a forma como foi construída a PCH Bedin possibilitará a geração de energia mesmo em períodos de seca. A geração de energia e sua venda garantirá o pagamento de ICMS à Prefeitura. “Pra Renascença é um retorno bom”, salienta.

Nos últimos três anos foram construídas três PCHs no Rio Santana. A primeira delas, a Jacaré, da Alcast do Brasil S/A, em Francisco Beltrão, a PCH Vila Galupo em Bom Sucesso do Sul, e a PCH Bedin, em Renascença, ambas pertencentes a dois grupos empresariais de Pato Branco.

informações do Jornal de Beltrão