O júri popular de Luis Felipe Manvailer, acusado de ter matado a advogada Tatiane Spitzner, que estava marcado para essa quarta (2) foi adiado. O pedido foi da defesa do acusado Luis Felipe Manvailer, porque um dos advogados está com Covid-19. Será no dia 25 de janeiro de 2021, às

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você for um usuário existente, faça o login. Novos usuários podem se registrar abaixo.

Existing Users Log In
   
New User Registration
*Campo obrigatório