Um nova análise aponta que a Terra está quase 2 mil anos-luz mais perto do que se imaginava do grande buraco negro localizado no centro da Via Láctea, galáxia que o Sistema Solar faz parte. A descoberta ainda aponta que o planeta se move sete quilômetros por segundo mais rapidamente.

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você for um usuário existente, faça o login. Novos usuários podem se registrar abaixo.

Existing Users Log In
   
New User Registration
*Campo obrigatório