Ação do Ministério Público investiga crime de compra de votos por parte do prefeito reeleito de Palmas, Kosmos Panayotis Nicolaou (PSD), e seu vice, Bruno Goldoni (PSD). Na ação, o órgão pede a inelegibilidade e a cassação dos registros de candidaturas dos eleitos. O caso foi encaminhado ao Poder Judiciário

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você for um usuário existente, faça o login. Novos usuários podem se registrar abaixo.

Existing Users Log In
   
New User Registration
*Campo obrigatório