A agropecuária paranaense sofreu em 2020 os efeitos de estiagem, uma das mais severas estiagens dos últimos 100 anos, segundo o Simepar. Além da escassez de chuvas, o setor sentiu os impactos da pandemia que provocou paralisação de atividades, alterações de consumo e influenciou, de forma contundente, a comercialização de

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você for um usuário existente, faça o login. Novos usuários podem se registrar abaixo.

Existing Users Log In
   
New User Registration
*Campo obrigatório