Um dia após ser presa em São Paulo, a ex-miss Renascença e influencer Lauren Adana Lorenzetti, de 31 anos, foi solta nesta terça (12). De acordo com o novo alvará de soltura, expedido pela Vara de Execuções Penais de Francisco Beltrão, ela pode sair de casa para estudar, trabalhar, visitar familiares ou frequentar cultos religiosos das 6h às 22h, de segunda a sexta-feira. Aos sábados, domingos e feriados, o horário fica limitado entre 6h e 18h, além de poder deslocar em todo território nacional, desde que retorne diariamente à sua residência para cumprir o repouso nos horários de restrição de circulação.

A Justiça do Paraná emitiu o alvará de prisão definitiva apenas na última segunda (11) quando, mesmo grávida de 8 meses, ela foi presa. Lauren foi condenada em 16 de agosto de 2018 por forjar o próprio sequestro em 2010 em Francisco Beltrão, no interior do Paraná, para extorquir R$ 100 mil da própria mãe. Segundo a condenação, com a ajuda de um casal de amigos e do ex-namorado, Lauren forjou o próprio sequestro entre os dias 18 e 19 de abril de 2010. Os três desistiram da ideia quando a mãe dela acionou a polícia, que depois descobriu a farsa. Não cabem mais recursos à condenação. A ex-miss foi condenada ao regime semiaberto a seis anos e 15 dias; o casal de amigos foi condenado, também no semiaberto, a seis anos.

Nas redes sociais, a influencer diz que foi bem tratada pela polícia. “Passamos o dia super bem tratadas. Tratamento realmente VIP. Foi realmente incrível ficar com esses policiais que me trataram e trataram a Dávila (filha mais velha de Lauren)com todo o carinho. Quando a gente erra, a gente tem que pagar sim”.

Informações bem Paraná