Foto: divulgação/Anvisa

No último trimestre de 2020 a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou novas normas para a rotulagem nutricional de alimentos embalados.

A medida tem como objetivo melhorar a clareza e a legibilidade das informações nutricionais presentes no rótulo dos alimentos e visa auxiliar o consumidor a realizar escolhas alimentares mais conscientes.

As novas normas devem entrar em vigor até o dia 9 de outubro de 2022. As novas normas surgiram de uma proposta desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) e pesquisadores da Universidade Federal do Paraná (UFPR), fundamentada nas pesquisas científicas e recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).

De acordo com a nutricionista e membro do conselho de nutricionistas do Paraná, Letícia Mazzepa, a principal mudança aprovada pela Anvisa é a criação de um painel com informações simplificadas sobre altas concentrações de nutrientes que se consumido em excesso pode causar doenças.

Outra mudança importante será a impressão em letras pretas em fundo branco, e a informação da composição em 100 gramas ou 100 ml do produto.

Os rótulos trazem informações importantes para a escolha de uma alimentação adequada e saudável e não há como falar de boas escolhas alimentares sem destacar a importância da leitura e interpretação dos rótulos dos alimentos.

É importante entender que alguns produtos que são vendidos como saudáveis, acabam tendo uma infinidade de aditivos alimentares, ou seja, as se tornam alimentos com corantes, adoçantes artificiais, entre outros.

Todos devemos ficar atentos ao que consumimos, mas um público que precisa ficar ainda mais atento à leitura dos rótulos são as pessoas que apresentam doenças que requerem alguma restrição na alimentação, como hipertensão, diabetes, obesidade ou aquelas com alergias e intolerâncias alimentares.

Para saber mais sobre campanhas de alimentação saudável, acompanhe a Aliança para uma Alimentação Adequada e Saudável no site alimentacaosaudavel.org.br.