O Prefeito de Reserva do Iguaçu, Vitório Antunes, juntamente com o Secretário de Agricultura e Desenvolvimento, Clairton Pedroso, recebeu na última semana o Secretário de Agricultura de Mangueirinha, Adriano Pascoal.

A visita teve como objetivo principal apresentar à administração reservense o projeto de criação de uma cooperativa intermunicipal para o desenvolvimento da piscicultura, com foco na industrialização de pescados. “A ideia é que os municípios participantes auxiliem na criação de associações. Essas associações passam a integrar a cooperativa, que vai industrializar diversos produtos, aproveitando, inclusive, o couro do peixe, gerando assim mais renda para o produtor rural”, explicou Pascoal.

Projeto Criação de Tilápia em Tanques-Rede

O município de Reserva do Iguaçu, por meio da Associação de Aquicultores do Rio Iguaçu (AQUAÇU), iniciou em 2019 um projeto de Criação de tilápia em Tanques-Rede. Este projeto tem como objetivo principal o desenvolvimento da piscicultura em viveiros escavados e em Águas da União (tanques-rede). Neste contexto, com a nova gestão municipal, vem se construindo uma plataforma de desenvolvimento e fomento desta atividade no Município, isso está acontecendo por meio de um Programa Municipal “Pró Peixe” e parceria com a AQUAÇU que conta hoje com 30 produtores em seu quadro social.

O município de Mangueirinha vem trabalhando e investindo fortemente no apoio e fomento da piscicultura, o mesmo já está estruturado com algumas iniciativas de produção de tilápia em tanques-rede e filetagem em pequena escala. De olho no momento mágico de crescimento da Aquicultura nacional, que em 2020 apresentou resultado anual de entorno de 5% ao ano, as secretarias de Mangueirinha e Reserva do Iguaçu, reuniram-se na última semana para tratar da parceria entre os dois municípios e mais 08 da Região Centro-Sul e Sudoeste do Paraná.

Esta pareceria tem como objetivo a construção de uma planta frigorífica regional para abate e beneficiamento de peixes, além de fortalecer a estruturação da cadeia produtiva do pescado, que passa pela formação e manutenção de banco genético, reprodução, produção de juvenis e engorda no seguimento agroindustrial, a estruturação passa pela fábrica de ração, planta frigorífica, logística e mercado consumidor.

Neste sentido, o prefeito Vitório Antunes de Paula colocou a disposição do município de Mangueirinha o Engenheiro de Aquicultura, Valmir José de Souza, que vem atuando com Assessor de Planejamento Estratégico e Desenvolvimento, na atual gestão juntamente com toda sua equipe técnica.

O projeto tem como meta investir 10 milhões de reais em parceria com as esferas estadual e federal.