O Tribunal de Contas do Estado do Paraná iniciou negociações com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações para utilizar imagens de satélite na fiscalização de obras públicas. As primeiras diretrizes da parceria foram debatidas na quinta-feira, pelo presidente do TCE-PR, conselheiro Fabio Camargo, e o ministro, Marcos Pontes. Também participaram da reunião, realizada por videconferência, os conselheiros Ivan Bonilha e Ivens Linhares, além de diretores e técnicos dos dois órgãos.

“Estamos buscando maneiras mais objetivas e eficientes de fazer a fiscalização das obras no Paraná, com o objetivo de evitar mau uso do dinheiro público e corrupção”, afirmou Camargo na abertura do encontro. “Acredito que conseguiremos isso com o acesso em tempo real a essas obras, por meio de imagens de satélite.” O presidente explicou à equipe do ministério que o TCE-PR não tem capacidade de acompanhar presencialmente as 3.600 obras em andamento no Paraná, especialmente neste momento, em que as viagens das equipes de fiscalização estão restritas, devido à pandemia da Covid-19.

AO VIVO RÁDIO WEB MANGUEIRINHA ONLINE

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

INFORMAÇÕES AEN