O governador do Paraná Carlos Massa Ratinho Jr anunciou nesta sexta (5), em entrevista coletiva, a flexibilização das medidas restritivas para conter a nova e mais forte da onda de Covid-19, que tem causado recordes sucessivos de internamentos no Estado. Segundo o novo decreto do governo, a abertura do comércio não essencial e as aulas na rede particular estarão liberadas a partir da próxima quarta (10) com novas regras. O atual decreto, que venceria na próxima segunda (8), foi prorrogado até a quarta (10).  “Os efeitos dessas medidas mais duras que tomamos e permanecem até terça só serão sentidos em 15 dias. Esperávamos que a medida tivesse mais efeito. Não conseguimos convencer as pessoas a ficar em casa, não alcançamos os 55% de isolamento. Também compreendemos que o setor de comércio tem um limite para aguentar o fechamento. Não é só o decreto que vai resolver, são as pessoas conscientes é que vão”, afirmou o governador, que também anunciou medidas econômicas como amenizar as perdas, principalmente dos pequenos empreendedores e trabalhadores informais do Estado. O secretário de Saúde, Beto Preto, afirmou que apesar da flexibilização, medidas mais duras podem ser tomadas, caso os números de contaminados e internados não sofram a redução esperada.

Veja o decreto na íntegra aqui

AO VIVO RÁDIO WEB MANGUEIRINHA ONLINE

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA