Presidente Jair Bolsonaro sanindo de moto do Palácio da Alvorada para passeio motociclístico com apoiadores pelas ruas da área central de Brasíla. Isabella Araujo/Poder360 09.05.2021

Presidente afirmou a apoiadores que futuras concessões já devem contar com liberação para esse tipo de veículo

O presidente Jair Bolsonaro prometeu a um apoiador na frente do Palácio da Alvorada, em Brasília, que as futuras concessões de rodovias federais não cobrarão pedágio de motociclistas.

AO VIVO RÁDIO WEB MANGUEIRINHA ONLINE

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Bolsonaro explicou que contratos antigos não podem ser mudados. “Já acertei com Tarcísio [Gomes de Freitas, ministro da Infraestrutura] para ele, nas futuras concessões, tirar as motos fora [da cobrança de pedágios]”, afirmou nesta segunda-feira, 10.

O eleitor do presidente explicou que havia viajado de Minas Gerais a Brasília de moto. Segundo ele argumentou, não fazia sentido a cobrança de pedágio em rodovias já que ela é feita por eixo, e a motocicleta não tem nenhum.

Na conversa, o presidente explicou que gostaria de fazer mais coisas pelo Brasil, “mas está difícil”.

A um senhor que pedia a construção de uma ponte sobre o Rio Xingu, em Altamira (PA), que beneficiaria 30 mil famílias, ele perguntou qual seria o tamanho da obra e arrematou após a resposta: “Um quilômetro! É uma ponte cara, hein? Um quilômetro não é fácil. Só temos, o Tarcísio só tem R$ 8 bilhões de orçamento. Vou manda ele dar uma olhada.”

Informações pio do Jacu